Dicas

Layout da loja: veja 6 dicas para otimizar seu PDV

setembro 2, 2019

O layout de loja é capaz de melhorar a experiência do consumidor e atrair mais clientes para uma papelaria, por isso, sua otimização é tão importante. Cada detalhe, do modo como os produtos estão expostos até a iluminação, deve ser pensado para que o cliente se sinta instigado a comprar.

O correto planejamento do PDV (ponto de venda) impacta nos resultados de vendas e na experiência do consumidor com a papelaria. O layout da loja é a primeira impressão que o cliente tem da empresa e faz parte do marketing dela, por isso, causa influencia na sua decisão de compra e na sua intenção de retornar ou não ao estabelecimento.

Trata-se de uma importante ferramenta aliada ao lojista no impulsionamento das vendas, por meio do modo como a loja está organizada, dando maior destaque e acesso aos produtos. Por isso, ajudaremos você a entender como desenvolver o melhor layout de loja para a sua papelaria. Confira as dicas a seguir!

1. Invista em uma fachada que se destaque

A fachada e a vitrine da loja são um convite para o consumidor entrar no estabelecimento, do mesmo modo que também podem o impelir a não entrar caso algo o desagrade. Isso acontece especialmente em locais onde há uma grande concentração de lojas, como shoppings ou ruas comerciais, onde há a necessidade de se destacar da concorrência direta ou indireta.

Uma vitrine bem elaborada, que exiba produtos com altos índices de vendas e procura é o primeiro passo, porém, não para por aí. É preciso, também, que o letreiro seja moderno e atraente e exiba, com clareza, o logotipo da empresa. Além disso, é importante que paredes e vidros externos estejam tão limpos e bem cuidados quanto os internos.

A porta de acesso ao estabelecimento também deve estar bem visível e destacada. Se, por exemplo, for necessário mantê-la fechada por causa do ar-condicionado, é importante que ela seja transparente para que o cliente veja o ambiente interno e que haja um aviso que deixe claro que a loja está aberta.

2. Crie uma ambientação agradável

Depois de atrair o consumidor para dentro do estabelecimento com o layout da fachada e a vitrine, é hora de fazer com que ele permaneça o maior tempo possível conhecendo os produtos. Por isso, manter um ambiente interno agradável e convidativo é muito importante.

Algumas medidas que ajudam nesse aspecto são o cuidado com a climatização do local, que não deve estar muito quente e nem muito frio, e o uso de aromatizadores de ambiente, capazes de fazer, até mesmo, com que o cérebro do cliente associe a sua loja a um determinado cheiro. Além disso, uma música ambiente, que combine com o tema da loja e em volume não muito alto, também é bem-vinda.

Existem, ainda, outros modos mais sofisticados de melhorar a ambientação e manter o cliente por mais tempo no seu estabelecimento. Por exemplo, criando um local para a leitura, caso você venda livros ou, ainda, um espaço lúdico com mesinhas e cadeiras para as crianças brincarem de massinha, pintura e desenho, colagem e outras atividades que envolvam produtos vendidos na sua loja.

3. Planeje o espaço de circulação

A circulação do cliente pela loja não deve ser apenas facilitada, mas também — e, principalmente — conduzida. O modo como as prateleiras estão dispostas pode fazer com que o cliente siga um determinado caminho dentro do estabelecimento, que o obrigue a conhecer todos os departamentos.

Além disso, ao caminhar pela loja, é importante que a sequência de produtos que ele veja tenha alguma relação, para que ele não se esqueça de comprar nada.

4. Facilite o acesso aos produtos

Muitos consumidores precisam tocar nos produtos para se sentirem seguros para comprá-los e, nesse contexto, é um erro deixá-los inacessíveis. Prateleiras muito altas e vitrines trancadas são alguns exemplos do que pode prejudicar o acesso do cliente ao item.

Se a sua preocupação é com a prevenção de perdas de produtos que podem ser facilmente furtados, existem modos de deixar, ao menos, uma unidade disponível para a demonstração e em locais estratégicos que podem ser facilmente vigiados por câmeras ou mesmo pelo funcionário do balcão ou do caixa.

Caso não haja outro jeito que não seja deixar o produto visível, porém, inacessível, certifique-se de que sempre haverá alguém disponível para demonstrar o item rapidamente. Afinal, não é incomum que um cliente desista de comprar algo, simplesmente, porque demorou demais para que alguém o atendesse.

5. Identifique os itens mais vendidos

Os produtos mais procurados devem ser colocados em locais estratégicos e, principalmente, cercados de produtos complementares. Desse modo, o cliente que entra no estabelecimento em busca deles vê outros que acaba por comprar também.

Alguns desses produtos que vendem com facilidade podem ser colocados próximos aos caixas, por exemplo, como acontece em supermercados e, desse modo, haverá um estímulo para que o cliente compre mais itens, aumentando o ticket médio da sua loja.

6. Faça uma boa sinalização

Tão importante quanto a distribuição coerente de produtos, o layout da loja precisa ter, também, uma excelente sinalização, que ajude o cliente a se localizar no estabelecimento. Ela deve garantir que ele seja capaz de encontrar qualquer item mesmo sem a ajuda de um funcionário.

O ideal é que, nas extremidades de cada corredor de prateleiras, haja uma placa informando o tipo de produto que será encontrado ali. Do mesmo modo, os balcões, como o do caixa e do pacote, também devem ter a sua devida identificação.

Como você viu, trabalhar o layout de loja é bem mais simples do que parece e, além disso, ele representa um importante instrumento de vendas à disposição do seu estabelecimento. Por isso, não pense duas vezes em adotar essa tática.

A aplicação das dicas que você acabou de ler no seu estabelecimento é capaz de não só aumentar as suas vendas, mas também de estimular os clientes a voltarem e, ainda, a indicarem novos clientes. Afinal, todo mundo gosta de estar em um local agradável e organizado, não é mesmo? E se ele for pensado para incentivar o cliente a comprar, torna-se melhor ainda.

Entendeu a importância de investir no layout de loja em sua papelaria? Então, comece, agora mesmo, a pensar em como melhorá-lo e assine a nossa newsletter para receber ainda mais dicas valiosas como essas!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply